Ainda não é Chef Apptite? Transforme sua cozinha em seu negócio. Aproveite 30 dias grátis!

Como vender comida pela internet? Saiba tudo o que é preciso

Chef Ana Fabiola - Loucos Por Donuts
Chef Ana Fabiola - Loucos Por Donuts

Se chegou o momento de você empreender na cozinha e está se perguntando como vender comida pela internet, veio ao lugar certo! Esse artigo irá te ajudar a entender tudo o que você precisa saber para dar os primeiros passos rumo ao sucesso do seu negócio gastronômico.

As possibilidades trazidas pela tecnologia ajudam em todos os setores de empreendimentos, mas o ramo alimentício realmente vem sendo muito beneficiado com as novidades que não param de surgir. Por isso, hoje é possível ter o próprio negócio gastronômico e trabalhar sem sequer sair de casa!

Com os acontecimentos atuais, relacionados à pandemia de covid-19, as pessoas têm dado preferência a programas caseiros. Pedir comida ao invés de sair para um restaurante, por exemplo, vem se tornando cada vez mais comum. Isso aumentou significativamente os resultados do delivery nos últimos anos, e tudo indica que essa é uma tendência que veio para ficar.

Por isso, aprender como montar um negócio de comida da sua própria casa é o segredo. Esse modelo de trabalho pode otimizar os seus gastos e simplificar a sua rotina. Se você acha que empreender é muito difícil, precisa conhecer o Apptite. Nós surgimos justamente com as soluções que você precisa para tornar essa iniciativa mais simples. Quer ver só? Aqui você também vai descobrir tudo o que podemos fazer para facilitar a sua jornada como empreendedor gastronômico.

Como vender comida pela internet?

É muito importante que você tenha em mente que, apesar de ser um processo simples, ter o seu próprio negócio dentro de casa também exige algumas formalidades, principalmente para garantir a segurança de quem trabalha no empreendimento e de seus clientes. Por isso, é preciso estar em dia com as documentações exigidas pelos órgãos responsáveis pela fiscalização de empresas e também a vigilância sanitária (Anvisa).

Essas exigências podem variar um pouco de acordo com o município em que você está localizado, mas no geral, o primeiro passo é abrir um cadastro como MEI – microempreendedor individual na prefeitura da sua cidade. As plataformas de delivery exigem esse cadastro para incluir o seu perfil no aplicativo.

Estando em dia com essas documentações, o próximo passo é adequar a sua cozinha para que ela se torne o seu local de trabalho. Isso vai desde a higienização do local até a escolha correta dos utensílios – a colher de pau e a tábua de madeira, por exemplo, não são indicadas para uso devido ao seu alto risco de contaminação.

Você sabia que nós temos um e-book super completo que você pode baixar gratuitamente e descobrir diversas dicas de cozinha profissional como essa? É só clicar aqui para fazer o download. Os conhecimentos contidos neste material são imprescindíveis para qualquer Chef de cozinha!

E por falar em conhecimentos importantes, você também pode ter acesso gratuito ao Curso de Cozinha Verificada – alimentos seguros e práticas essenciais para cozinhar profissionalmente, ministrado pela nossa nutricionista, Thamires Rodrigues, que irá solucionar todas as suas dúvidas com relação a esse início de carreira na gastronomia.

Algumas perguntas que são respondidas ao longo do curso são “Como produzir alimentos em casa para vender?” e  “O que é preciso para comercializar alimentos?”, entre muitas outras curiosidades essenciais.

Esse curso conta com diversas videoaulas e outros materiais didáticos, além de fornecer o Selo de Cozinha Verificada após a sua conclusão, o que certifica que a sua cozinha está de acordo com as normas da Anvisa. Isso, além de fornecer segurança para o seu novo local de trabalho, traz também credibilidade e te ajuda a criar uma relação de confiança com o público em potencial.

Como começar a vender comidas?

Depois de se formalizar e organizar sua cozinha, o próximo passo é montar um cardápio. É importante que você faça uma pesquisa pela concorrência, ou seja, outros estabelecimentos da região, para descobrir quais tipos de comida já são oferecidos por ali e qual a faixa de preço investida nos pratos. Todas essas informações te ajudarão a entender o seu futuro público e oferecer a ele novas opções de sabores.

Conhecer a sua concorrência também é importante porque, com as facilidades de se vender comida pela internet, as regiões contam com cada vez mais opções. Por isso você precisa ter um diferencial interessante para sua clientela!

Ao montar o cardápio, também é legal dar uma atenção especial à sua criatividade – afinal, você quer destacar as suas especialidades, não é mesmo? E isso pode estar relacionado com a montagem dos pratos, o nome de cada um deles e diversas outras formas de expressar seus diferenciais.

Não se esqueça também de tratar o seu cliente com carinho e atenção – essa pode ser uma das principais diferenças entre os comércios locais/artesanais e as grandes redes de alimentos. Que tal enviar um bilhetinho escrito à mão em agradecimento pelo pedido?

Cardápio montado, cozinha preparada e ingredientes comprados, é hora de investir na sua visibilidade on-line. Isso quer dizer que você deve estar presente nos principais apps de delivery, além de contar com cardápio digital, perfil no Google Meu Negócio e fazer uma boa divulgação dos seus pratos nas redes sociais. Todas as ferramentas são importantes para criar e fidelizar o seu público. 

E sabe como você consegue ampliar a sua visibilidade? Tornando-se Chef Apptite Pro. Além das estratégias de marketing pensadas para o nosso próprio marketplace, nós ajudamos os produtores a estarem presentes – com destaque – em todos os outros principais canais, com taxas e vantagens exclusivas.

Outras dicas de como vender comida pela internet

Navegando por este blog, você encontra uma porção de dicas e informações valiosas que vão te ajudar muito a alavancar as suas vendas por delivery. Essa matéria, por exemplo, conta com uma entrevista que fizemos com o renomado Chef Samir Cauerk, onde ele conta alguns de seus segredos para se destacar no cardápio on-line. Aqui vai um spoiler: invista nas fotos e na descrição dos seus pratos.

Se você precisa de ajuda para definir seu horário de trabalho ou entender como funciona a relação desse tempo com as suas vendas, esse artigo reúne dicas de 5 Chefs muito experientes e bem sucedidos a respeito desse assunto.

Viu como os nossos conteúdos podem ser úteis para o início da sua jornada pelo empreendedorismo gastronômico? E isso é apenas uma demonstração de todo o auxílio que podemos fornecer!

Aqui vão mais algumas dicas bônus:

  • Ao trabalhar com vendas pela internet, é muito legal que você esteja sempre antenado às tendências, assuntos do momento e o que está na moda. Assim, consegue criar conteúdos e promoções relacionadas a esses temas para promover os seus pratos.
  • Preze sempre pela qualidade dos alimentos com os quais trabalha. Oferecer segurança deve ser o principal objetivo do seu comércio. De nada adianta economizar na compra de um ingrediente mais barato, se ele mudar a qualidade ou mesmo o sabor das suas especialidades.
  • Sabe aqueles bilhetes escritos à mão que mencionamos anteriormente? Você também pode usá-los para pedir que os clientes avaliem os seus pedidos. Assim, além de aumentar o destaque do seu perfil nas plataformas de delivery, você conquista opiniões sinceras e descobre pontos em que pode melhorar.
  • Um bom atendimento é sempre importante. Lembre-se que trabalhar com o público pode exigir uma dose extra de paciência, mas você depende dos clientes para obter sucesso no seu empreendimento. Isso não quer dizer que você precise simplesmente acatar a todas as demandas do público, mas tratar cada situação com empatia e educação é essencial.

E aí, já se sente mais preparado para dar esse passo tão importante na sua carreira e finalmente se tornar o seu próprio patrão? Conte conosco para saber mais detalhes de como vender comida pela internet e outras informações que precisar para mandar bem na hora de empreender na gastronomia artesanal. Siga nossas redes sociais e esteja por dentro de todas as novidades desse universo: Facebook | Instagram | LinkedIn.