Ainda não é Chef Apptite? Transforme sua cozinha em seu negócio. Aproveite 30 dias grátis!

Festa junina – nossa tradição mais saborosa

Que a cultura do nosso país é extremamente vasta, todo mundo já sabe. Mas quais são as origens de uma das mais tradicionais festividades brasileiras? Continue lendo esse texto e saiba de onde surgiu a festa junina e quais são as suas principais características (especialmente as culinárias)!

De onde vem?

Assim como muitos outros costumes que carregamos até hoje, a festa junina é uma tradição trazida pelos portugueses no período de colonização. Muito relacionadas com as comemorações religiosas dos dias de Santo Antônio, São Pedro e São João (todas no mês de junho), atualmente, as festas juninas ainda carregam essa ligação com as datas católicas – como nos mostram as quermesses.

É claro que a festa não demorou para se popularizar em território brasileiro, afinal, nós valorizamos um bom motivo pra comemorar e a festa junina reúne tudo o que gostamos: um mês inteiro (ou até dois) de alegrias, música boa, dança e principalmente, muita comida e bebida típica!

Mas como a festa junina foi abrasileirada?

A cultura brasileira, de forma geral, é uma junção de diversas referências – o que explica como uma festa inicialmente pagã se tornou comemoração religiosa e folclórica ao mesmo tempo.

Pois é! Além dos santos homenageados nesses dias, várias entidades do folclore estão relacionadas com a celebração, que também homenageia e agradece a natureza, questões atribuídas a várias entidades (desde os deuses mitológicos até os nossos conhecidos Curupira, Saci Pererê, entre outros).

Tudo isso junto com uma pitada de costumes locais, resultou no que conhecemos hoje e que virou um símbolo pra nos lembrar que já estamos na metade do ano!

Apesar de ser uma comemoração nacional, é evidente que em algumas regiões do Brasil, as festas juninas possuem maior valor cultural e já se tornaram até mesmo patrimônios do nosso território.

Como é comum que ocorra num país tão extenso como o nosso, cada região tem sua própria maneira de celebrar a época: no norte, o Boi Bumbá é a verdadeira expectativa dos festeiros; pelo centro-oeste, as Cavalhadas são quem se sobressaem; em diversas outras regiões (especialmente no estado de São Paulo), as festas do Divino Espírito Santo são mais comuns. Mas o verdadeiro berço das festas juninas como conhecemos muito bem é o nordeste do país – principalmente o sertão destes estados!

Principais costumes

Agora que já entendemos suas origens, vamos listar as principais maneiras de comemorar essa deliciosa época. Os mais tradicionais costumes das festas juninas são:

  • vestimentas caipiras;

  • música regional (especialmente forró e sertanejo);

  • fogueira;

  • balão;

  • fogos de artifício;

  • quadrilha coreografada;

  • casamento caipira;

  • bandeirinhas coloridas;

  • brincadeiras típicas de parques de diversão;

  • barraca do beijo.

Cá entre nós: esses costumes são bons demais pra durar só um mês por ano. Conta pra gente nos comentários qual dessas tradições é a sua favorita!

Mas de onde será que vieram os sabores de junho?

Apesar de ser uma delícia por inteiro, a maioria das pessoas concorda que a melhor parte dessa celebração são seus sabores típicos. Maçã do amor, vinho quente, quentão, paçoca, milho, canjica, amendoim, bolo de fubá… A lista é extensa e deu água na boca só de pensar, né?

Confira algumas curiosidades sobre os principais pratos das festas juninas:

A canjica (ou mungunzá), um dos mais tradicionais pratos típicos dessa festividade, possui um mistério sobre sua origem; existem várias versões da história da especiaria: há quem diga que o termo e o próprio alimento possuem origens indianas ou tupinambás. Mas a maior parte dos historiadores acredita mesmo é na origem africana da canjica, que teria se popularizado no Brasil graças aos escravos na época da monarquia.

O próximo doce é o curau. Ele também é conhecido como canjica nordestina, mas sua origem é bem diferente do anterior: sendo uma junção de duas receitas (o pudim europeu + uma bebida densa dos tupis), é uma receita que faz juz ao povo brasileiro: puro fruto da miscigenação!

Já a paçoca, que é consumida o ano todo, mas ganha destaque nesse período, é originalmente nacional! Você sabia que ela nem sempre foi doce? Pois é! Em sua criação pelos povos indígenas, os principais ingredientes eram carne seca e farinha de mandioca (este último ainda é uma das bases da receita atual). E aí, você prefere a paçoca rolha ou retangular?

Descobrir isso é muito legal, mas dá uma vontade, né? Ainda bem que os Chefs Apptite já providenciaram suas versões dessas e de várias outras receitas típicas da época!

Olha o arraiá do Apptite! É verdade!

Dessa vez ainda precisamos adaptar a comemoração para nos manter em isolamento social. Mas por que não fazer sua própria festa junina e comemorar em seu ciclo familiar?

Algumas receitas típicas são muito fáceis, como a pipoca! E para as outras, os Chefs Apptite já colocaram seus chapéus de palha e estão prontos pra deixar seus próximos dias mais gostosos.

Confira a seguir a lista de comidas e bebidas presentes em todo arraiá que se preze, em suas versões dos Chefs Apptite!

Caldo verde, calabresa e bacon, por Chef Tati Berto Mooca


Caldo verde, calabresa e bacon, por Chef Tati Berto MoocaCaldo verde, calabresa e bacon, por Chef Tati Berto Mooca

Quindim do Chef, por Chef Patrick – Zuca Doçaria

Arroz doce Caramelado com raspas de limão, por Chef Kamila Kika – AFEITORIA

Vinho Quente, por Chef Giovanna Sant’ Helena

Vinho Quente, por Chef Giovanna Sant' HelenaVinho Quente, por Chef Giovanna Sant’ Helena

Quentão, por Chef Carla Ferreira – Crepe En Ruedas

Curau sem lactose e sem açúcar, por Chef Larissa Alves | True Food

Curau sem lactose e sem açúcar, por Chef Larissa Alves | True Food
Curau sem lactose e sem açúcar, por Chef Larissa Alves | True Food

Doce de Abóbora com Coco, por Chef Patricia Bertola

Canjica 5 leites, por Chef Kamila Kika – AFEITORIA

Canjica 5 leites, por Chef Kamila Kika - AFEITORIACanjica 5 leites, por Chef Kamila Kika – AFEITORIA

Festa junina na caixa (bolo de milho, curau, canjica, caldo verde, cachorro quente, paçoca, doce de abóbora, pé de moleque, pipoca, quentão e refrigerante), por Chef Chef Anu Cozinha Criativa

Com certeza você ficou com saudades de uma boa festa junina ao ler tudo isso. Ainda bem que tá fácil fazer a sua própria comemoração. Aqui, você pode ver todas as iguarias de festa junina preparadas por Chefs.

Pra mais ideias, acompanhe nossas publicações nas redes sociais (Facebook / Instagram) e quando pedir uma delícia típica de um de nossos Chefs, poste um registro e mencione a gente. Nós vamos adorar participar dessa celebração!