Ainda não se cadastrou na Apptite? Junte-se aos mais de 10.000 empreendedores que estão revolucionando o delivery. Sem taxas sufocantes ou custos fixos! Comece agora grátis!

Nutri responde: Posso vender comida feita em casa? Como?

Muitas pessoas que cultivam uma paixão pela cozinha já pensaram na possibilidade de profissionalizar esse hobby. Você é uma delas? Então aqui vai uma excelente notícia: é possível cozinhar profissionalmente direto da sua própria cozinha de casa! Quer saber como? É só continuar lendo para comprovar que tirar esse projeto do papel pode ser mais simples do que você imagina.

Graças à tecnologia e aos novos hábitos trazidos por ela, diversos modelos de trabalho se desenvolveram e se modernizaram, sempre em busca de soluções inovadoras para antigas questões sociais. O mercado da alimentação não ficou para trás. Prova disso é a modalidade de Home Chef, que vem ganhando cada vez espaço nos deliveries.

Home Chef? O que é isso?

Esse é o nome dado aos profissionais da culinária que produzem os seus pratos da cozinha de casa para venderem por delivery. O nicho vem crescendo e ganhando visibilidade, principalmente pelo aumento nas buscas por opções práticas, saudáveis e seguras de alimentação para o dia a dia.

Se você é ou quer ser um desses cozinheiros artesanais, lembre-se: a prioridade do seu negócio sempre deve ser a segurança alimentar. Além disso, também é indispensável que se prepare cada refeição com muito amor e carinho! Vamos combinar, esse é o ingrediente secreto das suas receitas 😉

Para garantir pratos deliciosos e seguros aos seus clientes, você precisa ter conhecimento técnico sobre as boas práticas de manipulação de alimentos. Isso que é ampliar a visão de negócio – e nem estamos falando de um alto investimento financeiro!

Quer trabalhar como cozinheiro na sua própria casa? Você pode exercer atividades voltadas para a preparação de refeições de diversas maneiras! Pratos prontos para consumo, refeições congeladas (kits ou individuais), bolos, tortas e docinhos sob encomenda, petiscos, itens de empório… É uma infinidade de possibilidades! Basta pensar na forma ideal de entrega a domicílio para qualquer que seja a sua especialidade. Ser um microempreendedor individual (MEI) da gastronomia é muito mais prático e econômico do que abrir um restaurante físico, né?

Por isso, esse modelo de trabalho pode acabar sendo também mais rentável, além de permitir que você mantenha a sua personalidade em todas as produções, mesmo que sejam feitas de maneira profissional. Afinal de contas, você está trabalhando da cozinha de casa!

Mas ao optar por esse regime de trabalho, não esqueça que ele também exige pré-requisitos. Um dos mais importantes é a realização do curso de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, regulamentado pela Anvisa.

O que se aprende neste curso?

As aulas têm como objetivo orientar e capacitar os produtores gastronômicos e cozinheiros iniciantes de maneira ampla quanto aos cuidados na hora de preparar e servir alimentos, para manter suas refeições livres de contaminações.

Será possível entender os cuidados necessários desde a escolha da matéria-prima e o armazenamento dos ingredientes, além do modo de preparo seguro e higiênico e, é claro, a entrega dos pratos. Ou seja, é fundamental que você tenha conhecimento sobre a manipulação segura de alimentos em todas as etapas da produção das suas especialidades.

O curso oferece certificado, sendo necessário sempre realizar uma atualização do conteúdo semestralmente para estar sempre por dentro das descobertas sobre a segurança alimentar.

Pensando em facilitar o seu processo de profissionalização, o Apptite desenvolveu um modelo consciente de qualidade e segurança alimentar, que torna o seu processo para se tornar um Chef menos burocrático, assegurando que você tenha a estrutura suficiente para tomar todos os cuidados indicados durante a preparação de alimentos.

As cozinhas dos Chefs Apptite são inspecionadas por nutricionistas após a realização do curso de boas práticas para garantir as condições higiênico-sanitárias, enquadrando o seu ambiente de trabalho num modelo muito mais controlado para cozinheiros independentes.

O papel do Apptite é garantir total transparência e segurança para que a comida caseira, feita com cuidado e carinho, chegue nas mãos dos clientes com excelência em sabor e saúde!

Por: Thamires Rodrigues