Ainda não se cadastrou na Apptite? Junte-se aos mais de 10.000 empreendedores que estão revolucionando o delivery. Sem taxas sufocantes ou custos fixos! Comece agora grátis!

Culinária árabe

Para homenagear os 150 anos de imigração libanesa, no dia 22 de novembro é comemorado o Dia da Comunidade Libanesa no Brasil. Hoje, cerca de 7 milhões de libaneses e descendentes vivem aqui, mais de 2 milhões só na capital paulista, constituindo uma das maiores comunidades de origem estrangeira no país. Os primeiros imigrantes vieram ao Brasil a partir de 1880, incentivados pelo imperador D. Pedro II após uma visita ao Líbano. Com eles, vieram deliciosas receitas da culinária árabe, apreciadas por quem compartilha ou não a mesma descendência.

Árabe é relativo a tudo o que nativo do Oriente Médio e da África setentrional, o que tem origem na Península Arábica. Como os limites geográficos não são os únicos a atuarem na caracterização de uma cultura, é também considerado árabe o que é originário de lugares onde se tem o árabe como língua materna.

Portanto, a culinária (assim como outros aspectos da cultura) árabe compreende tanto a cozinha da região da Península Arábica quanto a de outros lugares, como Marrocos, Líbano, Turquia e Síria. Não bastasse essa pluralidade enorme, vemos nos pratos uma grande influência da culinária indiana. Na mesma mesa, temos molho de iogurte turco, pão sírio, cuscuz marroquino… preparos de diferentes origens, que se combinam muito bem!

Originalmente, o povo árabe baseava sua alimentação em uma dieta com tâmaras, trigo, cevada, arroz e carne (mais comumente de carneiro e frango). Ao longo do tempo, foram incorporados o iogurte e o queijo branco, a hortelã, o tomilho, o gergelim, o açafrão, o alho, o cominho, a canela, as lentilhas, a fava e o grão-de-bico. Para acompanhar as refeições do dia, chás de vários tipos. Variedades e variações de ingredientes e técnicas que deixam essa especialidade culinária ainda mais rica.

Vegan

Muitos pratos árabes são veganos na sua origem, como homus, tabule e babaganoush. Diversas receitas de pão também são veganas, levando apenas trigo, água, azeite e sal. O pão, por sinal, é elemento básico para muitos pratos, e serve, ao mesmo tempo, como ingrediente e talher.

Um prato super simples e delicioso é o pão com zaatar, que é uma mistura levemente ácida que leva tomilho, manjerona, gergelim torrado e sumagre, que é um fruto vermelho usado moído para marinadas, arroz, saladas e o famoso kebab. O termo “za’atar” provém da palavra árabe para a erva usada como principal ingrediente, a manjerona.

Ficou com vontade? Veja só alguns pratos árabes disponíveis no Apptite!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.38.44.jpeg

Tabule – Chef Duda Ribeiro
EU QUERO!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.38.45.jpeg

Kit falafel e tabule – Chef Luan Taynã Falafeels Good
EU QUERO!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.38.45 (1).jpeg

Babaganush – Chef Marcia Wendler Barak Culinaria Arabe
EU QUERO!

Pratos mais conhecidos

É claro que nosso app tem o melhor da culinária árabe para ser entregue onde você estiver. Temos os melhores kibes, esfihas e charutinhos da cidade! Confira nossa seção “Cozinha Árabe” e escolha seu próximo pedido.

Aproveitamos para deixar aqui algumas sugestões que valem muito a pena!

Kafta com Arroz Libanês, iogurte e tomate – Chef Karina Fatima | Deli-K
eu quero!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.53.57.jpeg

Arroz Marroquino – Chef Guilherme Racy Ribeiro
EU QUERO!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.53.58.jpeg

Charuto de Repolho – Chef Guilherme Racy Ribeiro
EU QUERO!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.53.58 (1).jpeg

Esfiha de carne – Chef Marie Khouri
eu quero!

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.53.58 (2).jpeg

Kibe cru – Chef Marie Khouri
eu quero!

WhatsApp+Image+2020-11-23+at+11.53.59+%281%29.jpg

Coalhada Seca – Chef Samir Cauerk
eu quero!

Doces

Os pratos doces da culinária árabe são, em sua grande parte, feitos com nozes, mel, frutas secas e amêndoas. Há o costume de aromatizar esses doces com essências de flor de laranja e rosas, detalhe que faz toda a diferença.

Se você ainda não experimentou algum doce, o que está esperando?

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.53.59.jpeg

Doces Sírios – Chef Marcia Wendler Barak Culinária Árabe
eu quero!

Cozinha Árabe no Apptite

Os pratos árabes que você encontra no Apptite são feitos com muito amor e respeito às origens, porque são preparados por Chefs que transpõem sua paixão pela culinária em cada detalhe.

Para você conhecer um pouco mais sobre nossos Chefs, e como forma de comemorarmos o Dia da Comunidade Libanesa no Brasil, convidamos o Chef Samir Cauerk para contar um pouquinho sobre sua trajetória gastronômica e sobre a culinária árabe feita no Brasil.

samir-foto.jpg

Chef Samir Cauerk

Chef Samir, por qual motivo você se especializou em culinária árabe?

Meu avô materno chegou do Líbano em 1900 e, em 1901, montou na Rua da Alfândega, no Rio de Janeiro, o primeiro restaurante libanês do Brasil. Esse restaurante era chamado na época HALLAB, e lá ele trabalhou até a dėcada de 1950. 

Em 1989, seguindo os passos do meu avô, abri em São Paulo meu primeiro restaurante árabe, o Folha de Uva, na Rua Bela Cintra. Hoje estamos para inaugurar 2 restaurantes Folha de Uva, um no Shopping Parque da Cidade, no Morumbi, e o outro no Shopping Iguatemi, em Sorocaba.

Qual prato é o favorito do seu público e qual o seu favorito?

O nosso campeão de vendas sempre foi o Charutinho de Folha de Uva, seguido por Quibe Cru, Moussaká, Tabule e outros. Para mim, todos meus pratos são como filhos. Gosto de todos, porém tenho uma certa preferência pelo Arroz de Cordeiro, prato muito tradicional.

Você segue as receitas conforme a tradição ou faz adaptações e releituras?

Nossa tradição nos remete a executar os nossos pratos exatamente como aprendemos com nossos antepassados, reproduzindo-os como foram criados há séculos atrás. Não nos permitimos fazer releituras. Mantemos a tradição milenar.

Atualmente, no Brasil, a maioria dos bons restaurantes libaneses mantém a tradição de nossos antepassados. Algumas grandes cadeias ditas de comida árabe, por não se aterem à nossa tradicional gastronomia, não atingem o público descendente de árabes.

Quando falamos em gastronomia árabe no Brasil, nos referimos especificamente à comida oriunda da Síria e do Líbano somente. Os outros 19 países de língua árabe têm suas próprias tradições culinárias que diferem da nossa culinária sírio-libanesa.

Siga o Chef no Instagram: @folhadeuvarestaurante e @chefsamir

WhatsApp Image 2020-11-23 at 11.54.00.jpeg

Ceia do Chef – Chef Samir Cauerk
eu quero!

Depois de tantas informações e sugestões, é provável que você tenha ficado curioso e com água na boca.

Se você já decidiu que vai pedir árabe no Apptite e só não escolheu o prato ainda, deixamos mais dicas! Assista aos vídeos da playlist “Viagem Líbano”, do canal do chef Mohamad Hindi no Youtube, e se inspire ainda mais!