Ainda não se cadastrou na Apptite? Junte-se aos mais de 10.000 empreendedores que estão revolucionando o delivery. Sem taxas sufocantes ou custos fixos! Comece agora grátis!

Como começar a vender seus pratos on-line?

A troca dos restaurantes, lanchonetes e praças de alimentação pelo delivery vem sendo cada vez mais uma realidade que favorece tanto o consumidor quanto o produtor. Isso naturalmente aumenta as possibilidades pra quem vende comida on-line, principalmente quando falamos de Chefs locais, já que a venda pela internet permite que se amplie o atendimento sem precisar ter um grande salão para consumo no local, por exemplo.

As vantagens são diversas, mas pra fazer dar certo, é preciso ter expertise para além da cozinha – definir estratégias de venda e marketing, a gestão financeira e outros detalhes administrativos são essenciais pro sucesso e estabilidade do seu micro ou pequeno negócio.

Mas fique tranquilo, você não precisa fazer nada disso sozinho! Entre as plataformas que prestam auxílio para empreendedores da culinária, o Apptite conta com:

  • Gestão centralizada num mesmo painel;

  • Suporte e atendimento;

  • Logística;

  • Financeiro;

  • Tecnologia;

  • Selo de qualidade para as cozinhas;

  • Fornecimento de sacolas e embalagens para o transporte adequado dos pratos;

  • Marketing e promoções.

No Apptite, nós valorizamos a comida artesanal e sabemos que os Chefs precisam de disponibilidade pra conseguir entregar a melhor versão de tudo o que preparam. Por isso, preocupações com logística e questões técnicas do aplicativo, por exemplo, não precisam ser problemas. Conte com quem já possui essa experiência e evite transtornos.

Como aumentar as vendas usando a internet?


Como aumentar as vendas usando a internet?

Você já está estabelecido e talvez até já tenha uma clientela, mas está em busca de ampliar essa cartela? É muito importante uma autoanálise nesses momentos, pra primeiramente ajustar o que precisa ser melhorado. Afinal, de nada adianta conquistar novos clientes se não conseguir fidelizar nenhum deles.

Se achar que tudo já está redondo e não vê a hora de oferecer os seus pratos a mais pessoas, verifique as possibilidades: a divulgação do seu restaurante pelas redes sociais e site é importante, mas a sua publicação em um (ou vários) app(s) de delivery cumpre um outro papel, apresentando o estabelecimento a mais pessoas; além disso, nesse caso as questões de entrega não precisam ser sua preocupação nem gasto.

Mas é importante ir com calma. Se você não tem uma grande equipe, não se comprometa com muitas entregas de uma só vez. Pensando nisso, no Apptite os Chefs podem estabelecer prazos mais longos e a disponibilidade de agendamento dos pedidos. Assim, fica mais fácil se programar e dar conta de todas as encomendas.

Estude a sua região e seu público!


Estude a sua região e seu público!

Se está começando na gastronomia local, é muito importante entender as questões de oferta e demanda da região. Você concorda que é mais difícil conquistar um público que já consome de produtores que ofereçam opções semelhantes? Afinal, isso demanda um trabalho de convencer o cliente a tentar o novo, mesmo já gostando do que consome atualmente.

Pensando nisso, tente ser inovador! E isso não significa que você não pode se dedicar às suas especialidades porque já tem concorrência demais na região. Mas caso você observe que isso existe, pense em como você e seus pratos podem se destacar, e principalmente, como demonstrar isso para o consumidor.

Priorize as coisas certas


Priorize as coisas certas

No início, é comum buscar corte de gastos em todas as frentes do seu trabalho, afinal, geralmente os pequenos empreendedores não contam com um investimento muito alto. Apesar disso, como diz o ditado, “é melhor prevenir do que remediar”.

Então não adianta começar a anunciar e vender seus pratos antes da regularização do negócio; é como dirigir um carro sem a carteira de habilitação: uma hora, a cobrança chega. E nem é só de dinheiro que estamos falando aqui, mas de questões de saúde e segurança.

E mesmo as microempresas precisam de registro e regulamentação; então ainda que trabalhe na própria cozinha de casa, o primeiro passo é acessar o Portal do Empreendedor e cadastrar-se como MEI. Isso é muito simples e rápido, acredite! Em menos de meia hora, você já terá o seu CNPJ. Mas não esqueça, depois disso, é preciso buscar a prefeitura do seu município pra conseguir a permissão pra emissão de notas fiscais.

Além disso, não esqueça de se informar sobre o alvará de funcionamento e providenciá-lo, também junto à prefeitura, e de verificar as exigências de segurança e vigilância sanitária (com essa última parte, nós podemos te ajudar!).

Outra situação em que pode-se pensar estar fazendo economia é na hora de escolher os ingredientes da sua cozinha. Dê SEMPRE preferência ao mais natural, orgânico e de qualidade que estiver disponível. Acredite, essa escolha reflete em todo o seu trabalho dali pra frente: o modo de preparo, a aparência, o sabor e a qualidade do prato a ser vendido sentem demais essas diferenças.

Transparência é essencial


Transparência é essencial

Jogue limpo com o seu cliente. Isso vai desde os valores dos pratos (como já falamos nesse post, de nada adianta ocultar o preço daquilo que se quer vender) até a composição integral do que está sendo servido. Imagine se você esquecer ou não informar claramente no cardápio sobre os ingredientes que foram usados naquela receita e alguém que é alérgico a algum ingrediente acaba consumindo o prato e tendo problemas de saúde por isso. Você não quer passar por essa situação, né?

Ainda falando sobre honestidade com o público, é também necessário informar a previsão correta para o preparo das encomendas; lembre-se: é melhor ser surpreendido com uma entrega antecipada do que se decepcionar com o atraso dela. Então, se você é um Chef independente, é natural que precise de mais tempo para produzir os pratos do que uma cozinha que conta com diversos colaboradores. E acredite, a pessoa que prefere consumir comida artesanal entende e valoriza isso. Então não tenha pressa!

A ajuda que você precisa


A ajuda que você precisa

Nas questões em que você depende daquela forcinha pra conseguir desempenhar, conte conosco! Além de tudo o que foi mencionado aqui,  você pode explorar a nossa categoria Chef Empreendedor pra descobrir muitas outras dicas (que tal começar com esse post sobre conservar a qualidade dos pratos no delivery?) e também convidamos você a se tornar um(a) Chef Apptite!

Mais do que nunca estamos oferecendo assistência e benefícios aos nossos parceiros, com o lançamento do novo Apptite Premium Club (esse será o tema de um de nossos próximos posts, fica de olho!). E pra não perder nenhuma novidade e conhecer um pouco mais sobre a gente, confira nossas redes sociais: Facebook | Instagram | LinkedIn.